quinta-feira, 23 de junho de 2016

ALUNOS COM VENCIMENTO NO PRÓXIMO SÁBADO 25/06/16 (no caso da turma Atalaia, 24/06)


Amanda Vitória da Penha Silva
Carla Raiany Fiuza Ferreira De Souza
Eduardo Joshua Souza Araújo
Mateus Lucas da Costa Romeira
Thais Eduarda Oliveira de Aquino
Yasmin Caroline da Costa Carvalho

“O QUARTETO DO TITIO CÁSSIO”



Este foi título da foto dado no Facebook pelas minhas lindas Ester Cristina, Amandha Bernardes, Camila Souza e Tainá dos Santos, todas minhas ex-alunas no curso que hoje estão IFMT em Secretariado.

Além de embelezarem o IF, as mesmas me enchem de orgulho!

Parabéns minhas divas! Saudades!


quarta-feira, 22 de junho de 2016

SISTEMAS DE EQUAÇÕES



Favor não esquecer a folha de SISTEMA DE EQUAÇÕES, pois temos que terminar o assunto neste sábado.

Caso você tenha faltado à aula, solicite tal folha via Facebook ao professor!


SEGUNDO LIVRO PARA LEITURA E INTERPRETAÇÃO



Este é o livro que deverá ser lido por aqueles que não alcançaram a meta no primeiro: “O Menino do Dedo Verde”.

Se você acha que não alcançou, já comece a lê-lo!

Sábado informarei quem alcançou a meta!






terça-feira, 21 de junho de 2016

TAREFA DE MATEMÁTICA PARA 25/06/16 – VALE 5,0%



01) Calcule a equação acima do nível 10 e marque a alternativa que contenha sua resposta correta:


a) S = { -4 }
b) S = { -2 }
c) S = { 0 }
d) S = { 4 }
e) S = { 8 }

02) Calcule a equação acima do nível 10 e marque a alternativa que contenha sua resposta correta:


a) S = { 5 }
b) S = { 6 }
c) S = { 10 }
d) S = { 12 }
e) nra

03) Calcule a equação acima do nível 10 e marque a alternativa que contenha sua resposta correta:


a) S = { 2 }
b) S = { 4 }
c) S = { 8 }
d) S = { 32 }
e) S = { 64 }

04) (IFMT – 2016) Resolva a equação do primeiro grau

a) 7
b) 6
c) -6
d) -7
e) 8

05) Os valores dos serviços prestados por profissionais, como:
eletricistas, encanadores, e outros, quase sempre são
compostos por uma taxa fixa e mais um valor por hora de
trabalho. Um eletricista, que cobra uma taxa de 23 reais pela
visita e mais 32 reais por hora de trabalho, receberá por 6
horas trabalhadas um total de:

a) R$ 192,00
b) R$ 226,00
c) R$ 170,00
d) R$ 215,00
e) R$ 234,00

06) A pirâmide de números abaixo, é composta por círculos que, cada par abaixo, resulta na soma acima. Sabendo disso, qual número está faltando na bolinha ( ? ) ?


a) 2
b) 3
c) 5
d) 8
e) nra

07) Num dia muito frio, em Porto Alegre, a temperatura foi de 5ºC. À noite, a temperatura diminuiu 7ºC. Em que ponto da reta numérica se encontra a temperatura atingida?


a) A.
b) B.
c) C.
d) D.
e) nra

08) A tabela abaixo refere-se a serviços prestados por uma gráfica. Uma empresa deseja fazer impressões nas seguintes quantiades : 1.000 folhas em papel couchê 170g, 5.000 folhas em papel vinco, 500 folhas em papel couchê 115g e 2.000 folhas em papel couchê 150. Quanto a empresa gastará em serviços junto a esta gráfica?


a) R$ 2.010,00
b) R$ 2.070,00
c) R$ 2.120,00
d) R$ 2.170,00
e) nra

TAREFA DE LÍNGUA PORTUGUESA PARA 25/06/16 – VALE 5,0%



Texto 01

Nós somos águias.

Vamos, finalmente, contar a história narrada por James Aggrey.
O contexto é o seguinte: em meados de 1925, James havia participado de uma reunião de lideranças populares na qual se discutiam os caminhos da libertação do domínio colonial inglês.
As opiniões se dividiam.
Alguns queriam o caminho armado. Outros, o caminho da organização política do povo, caminho que efetivamente triunfou sob a liderança de Kwame N´Krumah. Outros se conformavam com a colonização à qual toda a áfrica estava submetida. E havia também aqueles que se deixavam seduzir pela retórica dos ingleses. Eram favoráveis à presença inglesa como forma de modernização e de inserção no grande mundo tido como civilizado e moderno.
James Aggrey, como fino educador, acompanhava atentamente cada intervenção. Num dado momento, porém, viu que líderes importantes apoiavam a causa inglesa. Faziam letra morta de toda a história passada e renunciavam aos sonhos de libertação. Ergueu então a mão e pediu a palavra. Com grande calma, própria de um sábio, e com certa solenidade, contou a seguinte história:
“Era uma vez um camponês que foi à floresta vizinha apanhar um pássaro para mantê-lo cativo em sua casa. Conseguiu pegar um filhote de águia. Colocou-o no galinheiro junto com as galinhas. Comia milho e ração própria para galinhas. Embora a águia fosse o rei/rainha de todos os pássaros.
Depois de cinco anos, esse homem recebeu em sua casa a visita de um naturalista. Enquanto passeavam pelo jardim, disse o naturalista:
– Esse pássaro aí não é uma galinha. É uma águia.
– De fato – disse o camponês. É águia. Mas eu a criei cimo galinha. Ela não é mais uma águia. Transformou-se em galinha como as outras, apesar das asas de quase três metros de extensão.
– Não – retrucou o naturalista. Ela é e será sempre uma águia. Pois tem um coração de águia. Este coração a fará um dia voar às alturas.
– Não, não – insistiu o camponês. Ela virou galinha e jamais voará como águia.
Então decidiram fazer uma prova. O naturalista tomou a águia, ergueu-a bem alto e desafiando-a disse:
– Já que de fato você é uma águia, já que você pertence ao céu e não à terra, então abra suas asas e voe!
A águia pousou sobre o braço estendido do naturalista. Olhava distraidamente ao redor. Viu as galinhas lá embaixo, ciscando grãos. E pulou para junto delas.
O camponês comentou:
– Eu lhe disse, ela virou uma simples galinha!
– Não – tornou a insistir o naturalista. Ela é uma águia. E uma águia será sempre uma águia. Vamos experimentar novamente amanhã.
No dia seguinte, o naturalista subiu com a águia no teto da casa. Sussurou-lhe:
– Águia, já que você é uma águia, abra suas asas e voe!
Mas quando a águia viu lá embaixo as galinhas, ciscando o chão, pulou e foi para junto delas.
O camponês sorriu e voltou à carga:
– Eu lhe havia dito, ela virou galinha!
– Não – respondeu firmemente o naturalista. Ela é águia, possuirá sempre um coração de águia. Vamos experimentar ainda uma última vez. Amanhã a farei voar.
No dia seguinte, o naturalista e o camponês levantaram bem cedo. Pegaram a águia, levaram-na para fora da cidade, longe das casas dos homens, no alto de uma montanha. O sol nascente dourava os picos das montanhas.
O naturalista ergueu a águia para o alto e ordenou-lhe:
– Águia, já que você é uma águia, já que você pertence ao céu e não à terra, abra as suas asas e voe!
A águia olhou ao redor. Tremia como se experimentasse nova vida. Mas não voou. Então o naturalista segurou-a firmemente, bem na direção do sol, para que seus olhos pudessem encher-se da claridade solar e da vastidão do horizonte.
Nesse momento, ela abriu suas potentes asas, grasnou com o típico kau-kau das águias e ergueu-se soberana, sobre si mesma. E começou a voar, a voar para o alto, a voar cada vez para mais alto. Voou… voou… até confundir-se com o azul do firmamento…”
E Aggrey terminou conclamando:
– Irmãos e irmãs, meus compatriotas! Nós fomos criados à imagem e semelhança de Deus! Mas houve pessoas que nos fizeram pensar como galinhas. E muitos de nós ainda acham que somos efetivamente galinhas. Mas nós somos águias. Jamais nos contentemos com os grãos que nos jogarem aos pés para ciscar.


(BOFF, Leonardo. A Águia e a Galinha: uma metáfora da condição humana. 22.ed.Petropolis,vozes, 1998. P. 29 – 34)


01) “Era uma vez...”
Esta expressão é comumente utilizada em textos:
a) biográficos
b) ficcionais
c) literários
d) jornalísticos
e) poéticos

02) Sobre o texto, não é correto afirmar que:
a) “Ela não é mais uma águia. Transformou-se em galinha...” É uma fala do camponês
b) Para o naturalista, a transformação era aparente e temporária.
c) A verdadeira natureza da águia, para o naturalista, estava no coração.
d) A ideia de o coração ser o local da verdadeira natureza da águia, é um fundamento científico do naturalista.
e) O trecho do antepenúltimo paragrafo que revela a recuperação do sentimento de autoestima da águia é : “...soberana, sobre si mesma.”

03) Marque V se a afirmativa for verdadeira e F se for falsa.
(     ) as tentativas do naturalista compõe uma gradação
(    ) o que mais importa no texto é a história da águia, e não as reflexões que essa história pode provocar no leitor.
(     ) Segundo James Aggrey nós não somos galinhas e sim águias.

Agora marque a alternativa que contenha a sequencia correta das respostas:
a) V – F – V
b) V – V – V
c) F – V – F
d) V – F – V
e) nra

04) Em todos os trechos abaixo retirados do texto acima, vemos pelo menos uma conjunção, com exceção de...
a) A águia pousou sobre o braço estendido do naturalista.
b) Ela é e será sempre uma águia. Pois tem um coração de águia.
c) Transformou-se em galinha como as outras, apesar das asas de quase três metros de extensão.
d) É águia. Mas eu a criei cimo galinha.
e) Faziam letra morta de toda a história passada e renunciavam aos sonhos de libertação.

Texto 02










05) As interjeições presentes no primeiro e segundo quadrinhos, podem ser classificadas como :
a) interjeição de Animação
b) interjeição de Aprovação
c) interjeição de Dor
d) interjeição de Espanto
e) interjeição de Impaciência

06) Em “Bem, o John achou todas armadilhas para rato.” Os termos em destaque podem ser classificados como:
a) substantivo – verbo – preposição – adjetivo
b) substantivo – verbo – pronome – substantivo
c) substantivo – verbo – conjunção – adjetivo
d) substantivo – verbo – preposição – substantivo
e) nra

07) Meme é um termo grego que significa imitação. O termo é bastante conhecido e utilizado no "mundo da internet", referindo-se ao fenômeno de "viralização" de uma informação, ou seja, qualquer vídeo, imagem, frase, ideia, música e etc, que se espalhe entre vários usuários rapidamente, alcançando muita popularidade. O meme abaixo, retirado do Facebook, contem interjeição de :


a) espanto
b) chamamento
c) impaciência
d) medo
e) nra